9 de ago de 2012

Finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura estarão no A(o)gosto das Letras


Os escritores Luiz Ruffato e Michel Laub participam da 4ª edição do A(o)gosto das Letras no dia 24, sexta, na Mesa Literária “O lugar da memória na literatura”. Finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura, os autores integram a lista dos 10 escritores que concorrem ao título de Melhor Livro do Ano, Laub com Diário da Queda, (Companhia das Letras) e Ruffato com Domingos sem Deus (Record).

Michel Laub.


Luiz Ruffato.
Reconhecido atualmente como um dos prêmios literários mais importantes do país, o Prêmio São Paulo de Literatura oferece o maior valor em dinheiro, são 200 mil Reais para o autor do livro do ano. Além dessa categoria, a de “Melhor Livro - Autor Estreante do Ano” oferece a mesma premiação em dinheiro para um dos 10 autores de romance editados em 2011.

O Prêmio São Paulo de Literatura surgiu em 2008 com o objetivo de ser um estímulo à leitura, integrando uma série de projetos da Secretaria de Estado da Cultura, nessa área. Por meio da premiação, o público conhece as melhores produções literárias do ano, o que aumenta o interesse pela literatura nacional.

Em Ourinhos, os autores irão conversar sobre seus livros e sobre a relação entre a ficção e a memória. A mesa acontece a partir das 20h no PUB 744. A entrada é gratuita. Luiz Ruffato, além de escritor premiado com APCA, Machado de Assis e Prêmio Jabuti de Literatura, é coordenador de oficinas de escrita voltadas para o público idoso, onde as pessoas são estimuladas a recordar histórias de vida e criar textos. Com cinco livros publicados, o gaúcho Michel Laub já foi editor da Revista Bravo e coordenou publicações do Instituto Moreira Sales.  Na FLIP deste ano a revista de literatura Granta incluiu seu nome como um dos 20 melhores jovens autores brasileiros. A revista, de língua inglesa, é uma das mais respeitadas do mundo e no Brasil é publicada pelo selo Alfaguara.

Nenhum comentário: