4 de mai de 2012

Hoje tem Circuito Sesc de Artes na praça Mello Peixoto

Orquestra Brasileira de Música Jamaicana.
Nesta sexta-feira, dia 4 de maio, o Circuito Sesc de Artes acontece mais uma vez em Ourinhos com uma programação que valoriza e qualidade e a diversidade das linguagens artísticas.

O evento tem início às 14h com uma Oficina de Bonecos de Pano e Arame, com o grupo Ateliê Caixadagua 33, de São Paulo. Os oficineiros Marcia Brito e Carlos Relva oferecem uma atividade de convivência familiar com técnicas básicas de confecção de bonecos de pano, utilizando temáticas variadas na criação de divertidos personagens.

A casa de dentro da gente
A Literatura estará presente no espetáculo A Casa de Dentro da Gente, do grupo Caixa de Histórias. Partindo do mergulho no universo poético de Cora Coralina, poemas, músicas, imagens e brincadeiras sobre o mundo que temos em casa e que carregamos com a gente serão distribuídos em intervenções que buscam as sensações de um mundo atemporal que só existe em nossa lembrança. Músicas, textos e imagens foram costurados cena a cena como uma antiga colcha de retalhos.

E tome palhaço
Às 16h é hora do circo, E Tome Palhaço, da Cia. Clerouak e Maria Lulu, mostra a visão idealista de mundo de dois palhaços, atuando em cena como verdadeiros astros, com números de música, mágica, dança e malabares. Percorrendo diversas linguagens, os personagens propõem um resgate ao riso, a alegria e espontaneidade sem receio ou medo do ridículo. Uma viagem ao mundo delicado das crianças que existe em cada um de nós e do qual nos distanciamos com o passar dos anos.

O teatro começa às 17h30 com o grupo Lume e a peça Parada de Rua. O espetáculo cênico-musical em forma de cortejo busca tornar os espaços onde o teatro comumente não chega apropriados para a linguagem. Uma procissão de fanáticos, uma banda militar, um grupo de ciganos ou simplesmente atores-músicos tocam e cantam melodias tradicionais brasileiras e outras, coletadas de diversas culturas do mundo. Com intervenções poéticas, a peça estruturada como um alegre ritual interage livremente com o público, provocando e divertindo ao mesmo tempo.

Às 19h a montagem de dança contemporânea, Bolero de 4, do baiano João Rafael, faz um diálogo entre os princípios da dança contemporânea e as técnicas esportivas de bicicleta BMX. Uma mistura estética que desloca o esporte para o ambiente artístico e vice-versa. Por meio dos movimentos realizados durante a coreografia, possibilita a criação de outras abordagens artísticas com a bicicleta, que não só acrobáticas. O dançarino-performer expressa sentimentos, constrói discursos e cria uma linguagem própria, resultando em um novo olhar sobre a relação do ciclista e sua bicicleta. Uma dança circular e crescente que retrata de forma poética a história, o relacionamento e a cumplicidade entre o dançarino e sua parceira de cena.

A música vai encerrar mais uma edição do Circuito Sesc, neste ano é a Orquestra Brasileira de Música Jamaicana,  dealizada pelo músico e produtor Sérgio Soffiatti e pelo trompetista Felippe Pipeta, que vai colocar os ourinhenses para dançar ao som da música jamaicana de raiz, ska, rocksteady e early reggae. A partir das 20h.

A banda se destacou por tocar clássicos da música brasileira nesses estilos jamaicanos. No repertório, canções como Aquarela do Brasil, de Ary Barroso e O Guarani, de Carlos Gomes, em versões de reggae e ska. A influência do jazz presente nas harmonias e improvisos faz com que a execução aconteça com muita naturalidade.

Serviço:
Circuito Sesc de Artes
Dia: 4 de maio, sexta.
Local: Praça Mello Peixoto.
Todas as atividades são gratuitas.
Apoio: Programa VivOurinhos - Secretaria Municipal de Cultura.

Nenhum comentário: