16 de out de 2009

Hoje na Mostra de Teatro - Travessia traz o universo de Guimarães Rosa para o palco

Baseado nos contos reunidos em “Sagarana” e “Primeira Estórias”, obras do escritor Guimarães Rosa, “Travessia” é um monólogo que se desenvolve a partir da narrativa de um contador de causos. A história se ambienta no sertão de Minas Gerais onde um grupo de vaqueiros parte para uma travessia conduzindo a boiada. Em cada parada conta-se um causo. A apresentação começa às 20h30 no Teatro Municipal Miguel Cury.
Segundo o diretor Paulo Williams, a encenação buscou desenvolver alguns conceitos da obra de Guimarães Rosa. O sertão como lugar da aventura humana, das encruzilhadas, do embate entre a realidade e o desejo, o terreno do perigoso. “Nosso trabalho propõe três dimensões de jogo: o jogo do ator que pontua a história, do sertanista que vive, e dos personagens que surgem das lembranças. A forma utilizada para expressar este conteúdo foi a pesquisa por uma composição física que crie a idéia de um padrão infinito nos movimentos, reforçado pelos contrastes dos ritmos”, explica Williams.
O teatro narrativo foi o caminho encontrado para estas transposições na construção do espetáculo. Dos objetos cênicos ao corpo do ator, tudo serviu para composição da cena. “É importante que cada ação física, esteja constituída de ínfimos detalhes, o que em geral é inimigo da arte”, comenta o diretor que é também o ator do espetáculo.
A indicação etária do espetáculo é de 14 anos. A Mostra Sérgio Nunes de Artes Cênicas é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura em parceria com a AABiP – Associação de Amigos da Biblioteca Pública. Mais informações pelo telefone 14 3302 3344.

Nenhum comentário: