17 de out de 2009

Hoje no Teatro - 'Brutal' mostra a fragilidade e a violência do ser humano

Brutal é a mais nova montagem do grupo Cemitério de Automóveis, companhia sediada na capital paulista e dirigida pelo dramaturgo Mário Bortolotto. O espetáculo conta a história da seita Legião do Amor, liderada por Estevão, que afirma estar em permanente contato com Deus para aliciar garotas para o seu grupo. O grupo se apresenta hoje (17) no Teatro Municipal Miguel Cury às 20h30.
O paranaense Bortolotto explica que “a história da seita e seu ódio racial, servem apenas de pretexto para discutir o que eu acho muito mais importante, que são as pessoas sem destino, com personalidade inócua. Pessoas vazias podem ser muito perigosas, afirma um dos personagens”. O autor diz ainda que “todo o processo de violência que a peça acaba por desencadear provém do fato de estarmos lidando com personagens de personalidade extremamente frágil”.
Ganhador dos prêmios Shell de Melhor Autor de Teatro (2000) e APCA pelo conjunto da obra, Bortolotto acredita que Brutal mostra que pessoas com personalidade própria poderiam evitar toda a violência, mas muitas “preferem procurar uma igreja e seguir fielmente um pastor desprovido de qualquer carisma”. O elenco conta com a participação de Carolina Manica, Érika Puga, Laerte Mello, Luciana Caruso, Helena Cerello, Maria Manoela e Walter Figueiredo.
Além de escrever para teatro, Bortolotto é ator e músico, ele participa hoje de um debate com o jornalista e crítico teatral Jefferson Del Rios, no auditório do Centro Cultural às 15h. A Entrada é franca.
A 1ª Mostra Sérgio Nunes de Artes Cênicas é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura de Ourinhos em parceria com a AABiP – Associação de Amigos da Biblioteca Pública. Mais informações pelo telefone 14 3302 3344 ou 3302 1400.

Nenhum comentário: