12 de abr de 2012

Crianças participam das contações de histórias

Alunos da escola Racanello na Casinha da Esquina.
Uma das alternativas mais eficientes para aproximar as crianças e os jovens dos livros são as contações de histórias. Cada um utilizando sua própria técnica e criatividade, os profissionais que se dedicam a essa atividade se multiplicam e já são comuns os congressos e encontros voltados às pessoas que desejam aprimorar o trabalho nessa área.
Em Ourinhos, a secretaria de Cultura mantém em seus espaços de leitura uma agenda de contações que atende principalmente aos grupos de alunos da rede pública. A atividade acontece nas Bibliotecas Tristão de Athayde (centro) e Clarice Lispector (vila Margarida), e na Casinha da Esquina. “Estamos trabalhando com alunos na faixa entre os 7 e 10 anos, e utilizamos obras de escritores como Ricardo Azevedo, Ruth Rocha e César Obeid”, conta Fátima Santili, uma das contadoras do grupo As Três Graças.
As contações são abertas a todos os interessados, crianças e adultos, e as participações de turmas de escolas devem ser agendadas com antecedência. Confira AQUI os telefones dos equipamentos culturais.

Nenhum comentário: