9 de dez de 2011

Danças e fotografia hoje na programação de aniversário

A montagem da Escola de Bailado tem duas apresentações, às 19h e 21horas.
Nesta sexta-feira, dia 09 de dezembro, a programação de aniversário de Ourinhos continua com três atividades culturais. Às 20h, na Biblioteca Municipal Tristão de Athayde, tem abertura da exposição fotográfica Leitura da Cidade, que marca o encerramento das atividades de 2011 do Ponto de Cultura Para Ler o Mundo. No Teatro Municipal, a Escola de Bailado de Ourinhos apresenta Flicts, colorindo a imaginação. No calçadão, às 21h, tem Roda de Ciranda e Coco com o grupo da Oficina da Canção, Um passeio pelas veredas musicais do nordeste. A coordenação é dos músicos Toninho Breves e Marlon Mendes.

Leitura da Cidade é resultado de uma das atividades culturais do Ponto de Cultura desenvolvidas com adolescentes do Pró-jovem de Ourinhos.

Os oficineiros Alex Sampaio Lima, graduado em Comunicação Social e mestrando em TV Digital, e Cinthia Siqueira, fonoaudióloga e contadora de histórias, coordenaram a atividade, que envolveu um ensaio fotográfico na Praça da Catedral e outro na Feira da Lua, que acontece às quartas-feiras no centro de convivência Benedito da Silva Eloy.

A atividade exercitou o olhar fotográfico e foi tão bem sucedida que resultou nesta exposição que será aberta hoje para o público.

Um passeio pelas veredas musicais do nordeste
Esse foi o tema do segundo módulo da Oficina da Canção que aconteceu na Biblioteca Municipal Clarice Lispector. Em clima de celebração e alegria, a atividade proporcionou espaço para o cidadão comum cantar, dançar e tocar instrumentos percussivos sem compromisso profissional, mas com muito prazer e criatividade.

Roda de Coco começa às 21h no calçadão.
“Neste semestre convidei o músico Marlon Mendes para integrar o projeto. Além da percussão, ele contribui com seu conhecimento sobre as danças populares do Brasil, como o coco e as cirandas. Por isso, além de cantarmos as músicas dos compositores nordestinos, também dançamos e nos divertimos muito na oficina”, comenta o violonista Toninho Breves.

Uma das participantes é a ourinhense Rosângela Ampudia, que chegou ao grupo atraída pela temática do cancioneiro nordestino. “Morei um tempo em Campinas e participei de um grupo de danças populares criado pela folclorista Raquel Trindade, na Unicamp. Praticávamos muito o samba de roda, maracatu, sambas rurais paulistas e o coco. Por isso fiquei bastante interessada em participar, a parte das danças é a que mais me atrai”, revela.

A Oficina da Canção é um dos dez projetos contemplados pelo Prêmio de fomento à produções culturais e oficinas criativas da Secretaria Municipal de Cultura de Ourinhos.


Serviço:

Dia 9 de dezembro

19 e 21h - Teatro Municipal “Miguel Cury”
Espetáculo de Dança da Escola Municipal de Bailado - “Flicts, colorindo a imaginação”

20h – Biblioteca Municipal “Tristão de Athayde”
Abertura da Exposição “Leitura da cidade” e evento de encerramento das atividades do Ponto de Cultura “Para Ler o Mundo”.      

21h – Calçadão
Roda de coco e ciranda no Calçadão, com integrantes da Oficina da Canção.

Nenhum comentário: