6 de jul de 2010

Edital de Fomento aprova oito projetos culturais para Ourinhos

Saiu hoje o resultado do Edital de Fomento à Produção Cultural e Oficinas Criativas, lançado pela Secretaria Municipal de Cultura. Oito projetos foram selecionados pela Comissão de Análise, sendo contempladas propostas de produção cultural e realização de oficinas criativas. Os premiados receberão um prêmio no valor de 10 mil reais para realizar os projetos, que farão parte da agenda cultural do município no segundo semestre.

A escolha dos projetos refletiu a preocupação em contemplar propostas de áreas culturais distintas. Dentre os projetos aprovados, diversas áreas culturais foram contempladas como música, publicação de livro, memória e patrimônio histórico, artes plásticas, cinema e vídeografia e teatro. A Comissão de Análise de Projetos foi formada por cinco membros: Alessandra Aparecida da Silva, que é psicóloga e gestora cultural em Sertanópolis e Londrina e possui vasta experiência em administrar projetos culturais; Neli Maria Fonseca Viotto, Diretora da Divisão de Museus e Memórias da cidade de Bauru; Orlando Alves da Silva Filho, agente cultural da Prefeitura de Bauru; Marco Aurélio Gomes, Diretor de Patrimônio Histórico da Prefeitura de Ourinhos e Valdir Grandini Álvares, Diretor de Programas Culturais da Prefeitura de Ourinhos.

A iniciativa de selecionar projetos mediante edital público é inédita em Ourinhos e faz parte das diretrizes do Programa VivOurinhos de gestão cultural. Para a Secretária Neusa Fleury, “Foi uma felicidade ver tantas boas propostas nascerem em Ourinhos. Como é normal em editais, há bons projetos que ficam de foram, porque os recursos disponíveis são limitados, mas o importante é que houve uma seleção sadia e criteriosa. A cultura e a população vão ganhar com isso, e a agenda cultural do segundo semestre vai ficar mais interessante, com produção artística realizada por nossos artistas”.

Os projetos estão previstos para acontecer no segundo semestre e serão acompanhados pela Secretaria de Cultura. Os projetos selecionados foram:

Projeto “Oficina da Seresta”, proponente Antonio Arcângelo Breves (Música – Categoria II);
Projeto “Imagem ativa”, proponente Alex Sampaio Lima (Cinema e videografia – Categoria II);
Projeto “A vós suspiramos neste trem da vida: história, memória, cultura e religiosidade em Ourinhos, SP”, proponente Maurício de Aquino (Memória – Categoria I);
Projeto “Memória em Cena”, proponente Cínthia Lucia de Oliveira Siqueira (Teatro e Memória – Categoria II);
Projeto “OSIMO Itinerante”, proponente Leandro Duarte de Oliveira (Música – Categoria I);
Projeto “Samba e Botequim”, proponente Andro Gustavo Baldan Ribas (Música – Categoria I);
Projeto “Sérgio Nunes – Hiperbolismos e Aliterações”, proponente Rafael Lefcadito Álvares (Cinema eVideografia – Categoria I);
Projeto “Oficina de desenho livre e de cartuns & quadrinhos”, proponente Jessé Ribeiro (Artes Plásticas – Categoria II).

Um comentário:

Anônimo disse...

É uma pena que meu projeto de teatro do oprimido não tenha sido selecionado, mas parabenizo aos outros projetos que entraram nessa e a iniciativa da prefeitura de ourinhos...