8 de jul de 2010

Cultura e saúde – Oficinas Criativas auxiliam no tratamento psicológico

Teatro, dança de salão, desenho artístico, leitura de mundo, violão, coral, estas são algumas das 14 oficinas culturais proporcionadas pela Secretaria Municipal de Cultura desde a implantação do programa VivOurinhos, no início de 2009. Neste ano, mais duas oficinas criativas já integram a programação e atendem a comunidade ourinhense: a de Dança Criativa, com crianças do CRAS I e II e Artesanato em Macramé, na Casinha da Esquina.
Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, a oficina de macramé acontece também entre os pacientes do ambulatório de saúde mental, que realizam as atividades artesanais durante as sessões de terapia ocupacional. “São em média 10 adolescentes no ambulatório, e eles estão realmente exercitando a criatividade. Eu passo a técnica, a maneira de fazer os pontos, mas eles são incentivados a elaborar formas de acordo com seus pensamentos, com muita liberdade”, comenta a artesã e coordenadora da oficina, Tálitha Eloy.
Quem se interessou em levar a oficina de macramé para o ambulatório foi a Terapêuta Ocupacional Kathi Redondo. Segundo ela, a atividade, aliada ao tratamento convencional, já proporciona bons resultados. “Quando digo resultados me refiro à melhora da auto estima destes adolescentes, é uma maneira de estimularmos a socialização, a coordenação motora fina a
criatividade”, explica. A oficina no ambulatório acontece todas as sextas a partir das 14h.
A palavra macramé significa nó, é uma técnica de trançar os fios manualmente, formando desenhos geométricos e franjas. Quem quiser aprender pode participar da atividade que também acontece na Casinha da Esquina toda quinta feira, a partir das 15h. Inscrições pelo telefone 14 3326 3254.

Nenhum comentário: