18 de mai de 2009

Artistas discutem sobre nova técnica de pintura

A abertura da exposição de quadros do artista plástico Percy Coppietters no último sábado foi marcada por um bate-papo informal onde o artista contou detalhes sobre a nova técnica que utiliza, a digigrafia. O encontro aconteceu no último sábado, na Galeria de Artes do Teatro Municipal, reunindo artistas plásticos de Ourinhos e região.
Além dos trabalhos em pintura a óleo, Percy expõe uma nova técnica, fruto de pesquisa de vários anos: a digigrafia. Segundo o artista plástico, é possível a criação utilizando a pintura sem necessariamente o uso de tubos de tinta, pincel ou solventes. “Utilizo um programa especialmente desenvolvido para isto. É possível se apertar o tubo de tinta e espalhá-la conforme se imagina, e a satisfação de quem cria utilizando a linguagem digital é a mesma de quem utiliza os materiais convencionais”, explica Percy. Depois de finalizado o trabalho de criação, a obra precisa ser impressa utilizando um papel e impressora especiais. “O papel é americano, ele tem uma porosidade que faz com que a tinta penetre, assegurando a longevidade do trabalho, e um verniz protetor”, explica Percy, que contou com detalhes aos presentes os procedimentos para a criação das gravuras digitais.
O professor Francisco Granja, um dos presentes no bate-papo com Percy, destacou a importância da nova técnica. “Além da pesquisa que inova a linguagem das artes visuais, a técnica da digigrafia vai possibilitar que um número maior de pessoas tenha acesso a uma obra de arte, pois o trabalho tem um custo bem menor”. Granja também lembrou o período que Percy morou na França, e a influência do impressionismo em seu trabalho.
A exposição “... Reencontros” pode ser vista no hall do Teatro Municipal até o dia 31.

Nenhum comentário: