16 de out de 2008

Até Onde a Vista Alcança

Vencedor do Prêmio de Incentivo à Produção Independente, no Camera Mundo – Independent Film Festival, realizado em Rotterdam/Holanda, eleito o Melhor Curta Digital pelo público do CINE PE (05/08), menção honrosa na 1ª Mostra Independente de Audiovisual Universitário de Goiânia (05/08), Melhor Documentário Curta-Metragem Digital pelo Júri do Festival de Cinema de Maringá (05/08) e Melhor Documentário Digital pelo Festival Curta Cabo Frio (18/06/08), “Até Onde a Vista Alcança”, assinado pelo Coletivo Asterisco, recebeu mais uma menção honrosa da 5.ª Mostra Nacional de Vídeo Ambiental de Caparaó (07/08).

O documentário pernambucano dirigido por Felipe Peres Calheiros será exibido na Mostra Paralela do Videoclube Lume e na Paralela Curta na Universidade na Estácio de Sá. O curta mostra uma comunidade quilombola que, a partir de uma reunião dos membros da Associação Quilombola do Sambaquim e Riachão do Sambaquim feita em 2005, surgiu a idéia de organizar um bingo, com o objetivo de arrecadar recursos para alugar um ônibus e levar pessoas de diversas idades que – apesar de morar a apenas 150 km da costa – ainda não conheciam o mar.
“Nesses meses entre o bingo e a realização da viagem, percebemos que se tratava de um filme sobre algo comum a todos nós, a realização de um sonho. E a linguagem que utilizaríamos no instante da concretização de um sonho tão nobre como aquele não poderia simplesmente registrar o real, precisava transmitir o sonho ao espectador. Foi daí que surgiu a idéia da fotografia preto e branco em película”, conta o diretor.
Segundo Felipe Peres Calheiros, que é parceiro do movimento quilombola há quatro anos, o principal motivo para a realização do curta-metragem foi o de divulgar a dignidade da luta do povo quilombola e ajudar a dar visibilidade à sua causa. "Apesar da luta do movimento quilombola e da garantia constitucional de reconhecimento do território dos quilombos, o governo não concluiu o processo de regularização fundiária de nenhuma comunidade pernambucana. Todas ainda lutam pela devolução de suas terras, em sua maioria, griladas em cartórios ou tomadas por fazendeiros no começo do século XX”, ressaltou Felipe.
Além dos 4 prêmios obtidos e das 2 menções honrosas, Até Onde a Vista Alcança foi selecionado para 24 festivais, sendo 7 deles internacionais, o Camera Mundo de Rotterdam - Holanda, o Latin American Film Festival de Utrecht - Holanda, o Short Film Corner, uma mostra paralela ao Festival de Cannes-França, o 5th Artivist Film Festival de Hollywood em sua intinerância na Cidade do México e Lisboa, o IV Cine Maissi - Festival de Cinema Latino e Caribenho da Finlândia, o Gray's Reef National Marine Sanctuary Ocean Film Festival e o 19th New Orleans Film Festival, ambos nos EUA.
Até Onde a Vista Alcança
Felipe Peres Calheiros
Brasil(PE), 2007
Doc - 20' - Cor/P&B

Nenhum comentário: