18 de dez de 2010

CINEMA, TEATRO e MÚSICA são as opções VivOurinhos para o fim de semana

 Neste final de semana no Teatro Municipal Miguel Cury, mais duas oficinas criativas do programa VivOurinhos apresentam os resultados das atividades desenvolvidas durante o ano. Sábado, às 20h30, o público poderá conhecer os filmes produzidos pela Oficina Imagem Ativa, de Alex Sampaio, vencedor do Edital de Fomento à Cultura.

Filmes produzidos pela oficina Imagem Ativa serão exibidos hoje.
Alex coordenou durante seis meses a oficina de videografia, ele conta que conseguiu transmitir conhecimento teórico sobre criação no cinema e aplicar muitas atividades práticas onde o grupo criou suas próprias idéias e filmou. “O mais importante para mim foi transmitir uma visão crítica e mostrar que existem muitas formas de passar uma mensagem através da linguagem audiovisual. Neste sábado vamos apresentar alguns filmes que já estão finalizados, um sobre o Museu Municipal, outro contando a história do senhor Costa Junior e um sobre a cultura da capoeira”, explica Alex.

Um dos integrantes da oficina é o jovem Pedro Faber. Ele conta que entrou para o grupo porque sempre gostou de fotografia, mas nunca tinha realizado nenhuma experiência com cinema. “Gostei muito da oficina, o grupo teve sempre muita liberdade para criar as imagens e histórias, absorvi bastante conhecimento. Na oficina estudamos as técnicas de foco, enquadramento, luz que são parecidas com as de fotografia. Acho que isso ajudou a despertar meu interesse nessa área”. Pedro também é um dos membros da equipe do curta ourinhense Enbriaguez, vencedor da Mostra Curta Ourinhos na 6ª edição do evento que aconteceu em outubro. “Foi a oficina que nos estimulou a criar o Enbriaguez, e o Alex nos ajudou muito na produção”, conta o ator Paulo Victor Chierentin, também aluno da Imagem Ativa.

No domingo (19) estréia a peça Maldita Parentela, montagem da oficina de teatro dirigida por Leandro Faria. A peça, escrita em 1887 por França Junior, é uma comédia de costumes marcada pela crítica às figuras sociais. A apresentação começa às 20h30 e a entrada é gratuita.

Maldita Parentela é a segunda peça da oficina de teatro.
Segundo o diretor, alguns integrantes do grupo estão participando da oficina desde o início em 2009. “Muitas pessoas passaram pela oficina este ano também, alguns com o objetivo de montar uma peça, outros interessados nos benefícios que o teatro que o teatro oferece através dos jogos, como a oratória, desinibição, melhoras na leitura e na análise de texto”.

Esta é a segunda peça apresentada pela oficina de teatro. No ano passado, a primeira turma da oficina, montou “As aventuras e desventuras de Maria Malazarte durante a construção da grande pirâmide”, do dramaturgo Chico de Assis. “Isso demonstra uma continuidade do trabalho teatral na cidade que vem de encontro com um dos objetivos desta oficina, que é fomentar a criação de novos grupos de teatro que atuem em Ourinhos. Vejo que este elenco já surge como um jovem grupo teatral que demonstra muito desejo e cumplicidade com o processo teatral”, afirma o diretor Leandro Faria.

Ainda neste domingo, às 20h na Catedral “São Bom Jesus”, tem Concerto com a Orquestra Sinfônica Municipal de Ourinhos pelo projeto OSIMO ITINERANTE.
A OSIMO já se apresentou em diversos pontos da cidade. Segundo o maestro Jeferson Bento, a orquestra trabalha para aproximar o grande público da música sinfônica. “Por isso, sempre apresentamos músicas clássicas que já se tornaram populares, conhecidas. Isso proporciona uma interação forte com a platéia”, comenta o regente.

 “A realização desse projeto foi possível graças ao prêmio recebido do edital. O objetivo é oferecermos música instrumental de qualidade através de concertos com repertório de diferentes gêneros e épocas, sempre buscando a diversidade com a execução de repertório erudito e popular”, conta o regente Jeferson Bento.
Mais informações pelo telefone 14 3302 3344. Realização: Secretaria Municipal de Cultura de Ourinhos.

Nenhum comentário: