31 de ago de 2010

TEATRO – Grupo Soarte apresenta Noel, o Feitiço da Vila

Esta montagem do grupo Soarte, uma homenagem ao centenário de Noel, estreou no 10º Festival de Música de Ourinhos em julho deste ano.                                                                                                                                               Foto: Renato Seixas.
A música, a boemia e as mulheres, esse era o universo de Noel Rosa, poeta da Vila Isabel que viveu apenas 27 anos, mas tornou-se um dos grandes sambistas do Brasil, com mais de 200 composições e parcerias ilustres, como a do pianista Vadico. É um pouco deste universo que o grupo SOARTE de teatro vai apresentar nesta quarta (1º/09) no Teatro Municipal Miguel Cury. O espetáculo musical, Noel, o Feitiço da Vila, será encenado às 10h e 20h30.

No elenco, músicos e atores mesclam-se nesta montagem com direção de Leandro Faria. Sem seguir a cronologia da vida de Noel, o espetáculo mostra fragmentos marcantes da vida do artista, como a rivalidade com o músico Wilson Batista e seu romance com a prostituta Ceci.

Noel Rosa nasceu de um parto muito difícil e o uso do fórceps pelo médico causou-lhe um afundamento da mandíbula que o marcou por toda a vida. Criado no bairro carioca de Vila Isabel, Noel era de família de classe média. Entrou para a Faculdade de Medicina, mas logo o projeto de estudar mostrou-se pouco atraente diante da vida de artista, em meio ao samba e noitadas regadas à cerveja. Noel foi integrante de vários grupos musicais, entre eles o Bando de Tangarás, ao lado de João de Barro (o Braguinha), Almirante, Alvinho e Henrique Brito.

Esta montagem do grupo Soarte, uma homenagem ao centenário de Noel, estreou no 10º Festival de Música de Ourinhos em julho deste ano. Para conhecer mais sobre o grupo visite o blog gruposoarte.blogspot.com.

Serviço:
Noel, o Feitiço da Vila  - 1º/09/2010.
Horário: 10h e 20h30.
Entrada: R$ 10 (inteira) R$ 5 (meia)
Teatro Municipal Miguel Cury – 14 3302 3344.

Nenhum comentário: